Por quê nem todos lêem o que você escreve?


Inicio este artigo respondendo esta pergunta: um dos principais motivos é que as primeiras frases raramente expressam ou traduzem a expectativa gerada pelo título escolhido por você. No momento que as pessoas iniciam uma leitura e percebem que apenas do meio para o final do artigo terão alguma informação agregada ao seu conhecimento, optam por abortá-la.

Quando me refiro àquilo que você escreve também estendo esta afirmação para àquilo que você diz e consequentemente, que também nem todos seguem.

Uma das chaves para o sucesso de qualquer articulista ou profissional que realize um informativo escrito é despertar a atenção do leitor através da criatividade do seu título e mantê-la ativa até o final da sua introdução. Existem leituras que mesmo lidas por completo te dão aquela sensação de vazio e geralmente são acompanhadas por sentimentos de decepção.

As chances para que um leitor leia um artigo completo são realmente pequenas, pois quem fez este texto, diferente de um palestrante, está distante do seu público alvo no momento da leitura e, assim, não consegue interagir. Logo, aquele parágrafo mal interpretado pelo leitor não pode ser explicado pelo autor do texto.

De acordo com a terceira edição da pesquisa Retratos da Leitura realizada pelo Ibope Inteligência, os principais motivos dos brasileiros para não ler são a falta de tempo (53%) e o desinteresse (30%).

Ao passo que você possui estas duas informações, fica fácil encontrar mais uma solução para atrair seu público alvo. Basta estudar e desvendar o que e como você pode escrever, que mesmo sem as pessoas terem tempo, se interessarão em ler. Isso é sim possível, mas requer profundas análises e compreensões de um universo a ser desvendado, que apresentarei em meu próximo artigo, chamado NeuroMarketing.

Sua tarefa: análise a forma como você tem exposto suas palavras, ideias ou projetos, sejam eles escritos ou verbais. Se sua influência não está como gostaria, siga as dicas abaixo.

Dicas by P.A.P.: estas possuem como objetivo central contribuir para que você seja percebida neste acirrado mercado de trabalho. São elas:

- crie títulos estimulantes e inovadores;

  • escreva a introdução com entusiasmo;

  • escolha assuntos pertinentes ao momento atual;

  • domine o assunto que escolheu;

- forneça informações que agreguem valor ao público em questão;

- apresente dados e estatísticas;

  • utilize linguagem simples e direta;

  • escreva ou fale para seu leitor, em segunda pessoa;

- gere expectativa para que as pessoas tenham interesse em sua próxima aparição

Compartilhe sua opinião sobre este assunto. Lembre-se: seja através do que você escreve em seus artigos, apresentações, página do facebook, instagram ou da sua oratória, todo líder deve atrair e reter a atenção dos demais, para que com isso possa persuadir posteriormente.

“O equilíbrio é sua melhor estratégia”.

Excelentes negócios.


Patrick Piccoli

CRA /RS 036827

Administrador, palestrante e escritor


0 visualização

©2018 A Voz do Varejo - TODOS DIREITOS RESERVADOS.